R7 Receitas Ana Hickmann revela que foi difícil recuperar as medidas após gravidez

Ana Hickmann revela que foi difícil recuperar as medidas após gravidez

Apresentadora ganhou 30 kg na gestação do primeiro filho

  • R7 Receitas | Do R7

Ana não teve pressa para perder os quilos que ganhou na gravidez

Ana não teve pressa para perder os quilos que ganhou na gravidez

Reprodução/ Instagram

Ana Hickmann é só alegrias desde a chegada do filho Alexandre Jr. Mas a apresentadora do Hoje em Dia revelou que recuperar as medidas que tinha antes da gravidez foi uma tarefa difícil. As informações são blogueiro Bruno Astuto, da revista Época.

— Realmente recuperar o peso depois de ser mãe é difícil para qualquer mulher. No meu caso ainda mais, porque só tive 45 dias de licença. Foi uma loucura.

Ana ganhou 30 Kg na gestação do filho e não se arrepende dos quilinhos extras.

— Na gravidez a gente pode engordar sim, mas depois tem que correr atrás do prejuízo. Você não pode colocar toda a culpa na gestação e achar que isso é desculpa para você não estar de bem com espelho e com a balança, até porque é uma questão de saúde acima de tudo.

Pouco mais de um mês depois do nascimento do filho, Ana voltou ao trabalho. Ela não teve pressa para voltar ao corpo de antes e gostou de mostrar esse processo para o público.

— As pessoas me viram ganhando peso na TV e depois me viram perdendo este mesmo na TV, mas foi muito bacana porque eu pude mostrar para todo mundo que eu sou uma mulher como qualquer outra

A apresentadora contou ainda que um dos segredos na hora de recuperar a forma e aguentar a rotina de trabalho puxada é a dieta.

— Sempre me cuidei. Primeiro quando era modelo, para manter as medidas padrões do mercado, e hoje, trabalhando na TV, eu tenho uma dieta, mas não para ganhar massa muscular, e sim para ter qualidade de vida. Então me preocupo com algo que me faça ter um bom cabelo, unha forte, pele bonita, um corpo que tenha viço, que tenha brilho...eu preciso de disposição para trabalhar, para dar conta da minha casa, é isso o que mais me preocupa.

Últimas